Video/cinema

Em setembro, mês em que relembramos a Independência do Brasil, a Videoteca do Memorial apresenta uma mostra de filmes que retratam vários momentos e personagens importantes de nossa História.

Período: 01 a 30 de setembro de 2005

Horário das sessões: Terça a Sexta (10h00, 12h00 e 15h00)

                                       Sábado (10h30 e 12h30)

(Obs: devido à sua longa duração, os filmes exibidos nos dias 6, 9, 14, 23 e 28 terão sessões às 10h00 e 14h00)

O DESCOBRIMENTO DO BRASIL.  Direção de Humberto Mauro. Brasil. 1937.  62 min. A carta de Pero Vaz de Caminha, roteirizada por Humberto Mauro, com a reconstituição da viagem de Pedro Álvares Cabral, da partida do Tejo à realização da primeira missa no Brasil. Dias 1 e 16

HANS STADEN. Direção de Luiz Alberto Pereira. Brasil/Portugal. 1999. 90 min. História do viajante alemão Hans Staden que naufragou no litoral de Santa Catarina em 1550. Dias 1 e 30

REPÚBLICA GUARANI. Direção de Sylvio Back. Brasil. 1981. 96 min. Documentário.

História da chamada República Comunista-Cristã dos Guaranis, formada pelas missões jesuíticas implantadas no Brasil, Paraguai, Argentina e Uruguai, no período 1610-1767. Dias 2 e 17       

                                                     

QUILOMBO. Direção de Carlos Diegues. Brasil. 1984.  119 min. Com Antonio Pompeo, Zezé Motta, Toni Tornado, Vera Fischer, Antonio Pitanga. Em meados do século XVII, escravos fugidos das plantações canavieiras do Nordeste organizam uma república livre, o Quilombo dos Palmares. Dias 2 e 17       

CHICO REI. Direção de Walter Lima Jr. Brasil. 1986.  113 min. Com Severo D’Acelino, Claudio Marzo, Antonio Pitanga, Carlos Kröeber. Galanga, rei do Congo, trazido ao Brasil como escravo, luta pela liberdade e se torna Chico Rei, o primeiro negro a ter uma propriedade no país. Dias 3 e 20

XICA DA SILVA. Direção de Carlos Diegues. Brasil. 1976. 117 min. Com Zezé Motta, Walmor Chagas, Altair Lima, Elke Maravilha, Stepan Nercessian. No século XVIII, em Diamantina, Minas Gerais, fidalgo português apaixona-se por escrava e a transforma em dama. Dias 3 e 20

OS INCONFIDENTES. Direção de Joaquim Pedro de Andrade. Brasil. 1972. 78 min. Com José Wilker, Luís Linhares, Paulo César Pereio, Fernando Torres, Carlos Kroeber. A história da Inconfidência Mineira vista através das manobras de seu principal mentor, Tiradentes. Filme realizado com base em documentos históricos da época.  Dias 6 e 21   (Excepcionalmente sessões às 10h00 e 14h00).

ANCHIETA JOSÉ DO BRASIL. Direção de Paulo César Saraceni. Brasil. 1978. 140 min. Com Ney Latorraca, Luiz Linhares, Maurício do Valle, Joel Barcelos, Hugo Carvana.

A história e a lenda do padre José de Anchieta. Dias 6 e 21   (Excepcionalmente sessões às 10h00 e 14h00).       

CARLOTA JOAQUINA, PRINCESA DO BRAZIL. Direção de Carla Camurati. Brasil. 1995. 100 min. Com Marieta Severo, Marco Nanini, Ludmila Dayer, Maria Fernanda, Marcos Palmeira. Aos 10 anos, a infanta espanhola Carlota Joaquina é prometida a D. João VI de Portugal. É o início de uma trajetória de brigas, infidelidades e rusgas pelo poder, que levam o casal, após herdar o trono, ao Brasil, para fugir do avanço das tropas napoleônicas. Dias 8 e 22

INDEPENDÊNCIA OU MORTE. Direção de Carlos Coimbra. Brasil. 1972. 107 min. Com Tarcísio Meira, Glória Menezes, Dionísio Azevedo, Kátia Hansen, Emiliano Queiroz. Relato da independência política do Brasil, com cenas da vida amorosa de D. Pedro I. Dias 8 e 22

GUERRA DO BRASIL. Direção de Sylvio Back. Brasil. 1987. 80 min. Documentário.

Através de entrevistas, de cenas documentais e de ficção, Back faz uma análise sobre a Guerra do Paraguai (1864-1870), responsável pela morte de aproximadamente um milhão de pessoas. Dias 9 e 23 (Excepcionalmente sessões às 10h0 e 14h00)

GUERRA DE CANUDOS. Direção de Sérgio Rezende. Brasil. 1997. 165 min. Com José Wilker, Paulo Betti, Cláudia Abreu, Marieta Severo, Selton Mello. No final do século XIX, o beato Antônio Conselheiro funda o Arraial de Canudos.Dias 9 e 23  (Excepcionalmente sessões às 10h0 e 14h00)                                                     

O PAÍS DOS TENENTES. Direção de João Batista de Andrade. Brasil. 1987. 85 min. Com Paulo Autran, Buza Ferraz e Cássia Kiss.Através das memórias de um oficial do exército, reconstitui-se os eventos que marcaram a vida política do país, do episódio dos "18 do Forte", em 1922, até a década de 1980, passando pelo golpe militar de 1964. Dias 10 e 24

O VELHO. Direção de Toni Venturi. Brasil. 1997. 105 min. Documentário.

A trajetória de Luiz Carlos Prestes, líder do Partido Comunista Brasileiro (PCB) por mais de 35 anos. Dias 10 e 24

REVOLUÇÃO DE 30. Direção de Sylvio Back. Brasil. 1980. 118 min. Documentário.

Colagem de mais de trinta documentários e filmes de ficção, fotografias e alguns registros sonoros, mostrando antecedentes do movimento, seu desenrolar e suas conseqüências. Dias 13 e 27

GETÚLIO VARGAS. Direção de Ana Carolina. Brasil. 1974. 76 min. Documentário.

Cotidiano do Brasil getulista, entre as décadas de 1930 e 1950. Dias 13 e 27

PARAHYBA, MULHER MACHO. Direção de Tizuka Yamasaki. Brasil. 1983. 90 min. Com Tânia Alves, Cláudio Marzo, Walmor Chagas, Oswaldo Loureiro, José Dumont.A história de Anayde Beiriz, amante do assassino de João Pessoa (governador da Paraíba em 1930). Dias 14 e 28  (Excepcionalmente sessões às 10h0 e 14h00)

MEMÓRIAS DO CÁRCERE. Direção de Nélson Pereira dos Santos. Brasil. 1984. 188 min. Com Carlos Vereza, Glória Pires, Jofre Soares, José Dumont, Wilson Grey. A experiência do escritor Graciliano Ramos nos porões da ditadura do Estado Novo. Dias 14 e 28  (Excepcionalmente sessões às 10h0 e 14h00)

O HOMEM DA CAPA PRETA.  Direção de Sérgio Rezende. Brasil. 1986.  116 min. Com José Wilker, Marieta Severo, Jonas Bloch, Carlos Gregório, Paulo Vilaça. Baseado na vida do político Tenório Cavalcanti que com sua metralhadora, apelidada de Lurdinha, desafiava a corrupção e os poderosos que dominavam o município fluminense de Duque de Caxias. Dias 15 e 29

PRA FRENTE, BRASIL. Direção de Roberto Farias. Brasil. 1981. 105 min. Com Reginaldo Faria, Antônio Fagundes, Natália do Vale, Elizabeth Savalla, Claudio Marzo, Carlos Zara Pacato cidadão de classe média é confundido com um ativista político, preso e torturado por agentes federais, durante a euforia do milagre econômico brasileiro e da Copa do Mundo de 1970. Dias 15 e 29

MUDA BRASIL. Direção de Oswaldo Caldeira. Brasil. 1985. 104 min. Documentário.

Registro do momento político brasileiro em 1985, com fatos e personagens significativos da época. Dias 16 e 30