Praça Civica

Esta postagem também está disponível em: Espanhol

A Praça Cívica é um imenso espaço aberto que une os prédios da Galeria Marta Traba, da Biblioteca Latino-americana Victor Civita e do Salão de Atos. Sua vocação é o encontro de multidões. Com capacidade para 40 mil pessoas, em seus 12 mil m2 de área livre, nela acontecem festas típicas dos países do continente e das regiões brasileiras, shows populares, festivais, oficinas e espetáculos variados.

Também conhecido como Praça do Sol, o local abriga um dos símbolos de São Paulo: a Mão. Escultura mundialmente conhecida de Oscar Niemeyer – em cuja palma vemos o mapa da América Latina como que se esvaindo em sangue – a Mão tornou-se um emblema deste continente colonizado brutalmente e até hoje em luta por sua identidade e autonomia cultural, política e sócio-econômica.

Atravessando a passarela, no espaço entre os prédios do Parlatino, Pavilhão da Criatividade e Administração, foram plantadas 160 palmeiras Jerivá. Daí o nome Praça da Sombra. Atrás das instalações, ao lado dos estacionamentos e ao longo dos muros há uma área verde (árvores, plantas e gramado) de cerca de 16 mil m2.