Nômade Festival chega ao Memorial da América Latina

0

Evento acontece no dia 12 de outubro e traz shows de Anavitória, Arnaldo Antunes, Liniker e os Caramelows e Luedji Luna

O Nômade Festival está de volta ao Memorial da América Latina. O evento acontece no dia 12 de outubro e vem para celebrar a diversidade e compartilhar estilo e boa música, ao longo de 10 horas de programação. Assim como no primeiro ano, a segunda edição do festival conta com shows de grandes nomes da cena musical do país em uma grande festa ao ar livre, onde a música é o ponto de partida para o diálogo entre as tribos e os diversos tons de arte.

O line-up do Nômade Festival  traz nomes dos mais variados estilos, desde o pop rural do duo Anavitória, até o som de Arnaldo Antunes, que ultrapassa as fronteiras do pop e da linguagem mais experimental, passando pela black music e o soul da Liniker e ainda ousando com a africanidade pop de Luedji Luna.

Entre as atrações, há ainda instalações interativas que prometem surpreender o público presente no festival, com ativações das marcas apoiadoras do evento e cenários diferenciados, além de espaço de alimentação e atividades.

Idealizado como um evento de caráter artístico, que traz beleza, cor e novos negócios à cidade de São Paulo, o Nômade Festival é totalmente criado e realizado pela InHaus Entretenimento e tem como objetivo estimular a ocupação dos espaços urbanos da cidade. Este projeto tem a realização da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo, por meio do Programa Municipal de Apoio a Projetos Culturais – PROMAC.

A venda de ingressos pode ser feita pelo site  ticket360.com.br . As entradas custam entre R$ 100 e R$ 50.

Line-up:

Anavitória: Naturais de Araguaína (TO), a dupla fez sucesso na internet depois de gravar um vídeo e lançar um EP em 2015. Com um estilo que elas definem como “pop rural”, a dupla conquistou espaço com o sucesso “Agora eu quero ir”, que fez parte da trilha sonora de Malhação e a canção “Dengo”, que fez parte da trilha de Pega Pega. No ano de 2017, o duo recebeu seu primeiro disco de ouro. Em novembro do mesmo ano, receberam o Grammmy Latino, na categoria Melhor Canção em Língua Portuguesa com a música “Trevo (Tu)”, escrita por Ana Caetano e Tiago Iorc. A dupla lançou o longa-metragem “Ana e Vitória” (2018), inspirado em acontecimentos reais e narrativas da trajetória.

Arnaldo Antunes: A diversidade de estilos do compositor, poeta, cantor, artista visual e performer propõe uma quebra de fronteiras nos seus repertórios. Em seu novo show, Arnaldo Antunes expande o conceito do diálogo entre o rock e samba, alternando, além das canções do álbum “RSTUVXZ” (2018), resgates de rock já gravados por ele (“Fora de si”, “Televisão”, “Essa Mulher”) e sambas (“Alegria”, “Talismã”, “Só Solidão”) emblemáticos da carreira.

Liniker e os Caramelows: Liniker é da nova geração do soul. Seu vozeirão é conhecido dos amantes da black music, MPB e samba. Sua postura, visual e letras são símbolos claros de suas lutas. É impossível não ver questionamentos profundos a cada novo trabalho da Liniker. No palco, a voz potente da vocalista Liniker Barros conta com sua banda os Caramelows: Renata Éssis no backing vocal, Rafael Barone no baixo, William Zaharanszki na guitarra, Márcio Bortoloti no trompete e Pericles Zuanon na bateria.

Luedji Luna: Cantora e compositora baiana, Luedji Luna lançou seu primeiro disco, Um Corpo no Mundo, em 2017. O álbum reúne diferentes sonoridades como MPB, samba, ritmos africanos, batuque baiano e jazz, com letras que abordam temas sociais, principalmente no que se refere à identidade afro-brasileira.

Serviço:
12 de outubro, das 12h às 23h
Abertura dos portões: 12h
Local: Memorial da América Latina
Ingresso: Entre R$ 50 e R$ 100, no site ticket360.com.br
Classificação: 16 anos
Acesso para pessoas portadoras de necessidades especiais e cadeirantes
Mais informações: https://www.nomadefestival.com.br/

Foto: Liniker e os Caramelows, por Leila Penteado

Compartilhar.

Comentários encerrados.