Pavilhão da Criatividade ganha livro infantojuvenil em celebração aos 30 anos do Memorial da América Latina

0

Viabilizado pelo ProAC Editais 2018, “A arte do povo latino” será lançado no próximo dia 31 de agosto

A Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, por meio do Programa de Ação Cultural (ProAC), em parceria com a Fundação Memorial da América Latina, lança o livro infantojuvenil “A arte do povo latino”, no sábado, 31 de agosto de 2019, às 10h, na Biblioteca Latino-Americana.

O projeto foi viabilizado pelo ProAC Editais 2018 e  tem por objetivo propor ao público infantojuvenil novas formas de observação de um acervo museológico, a partir de um recorte do Pavilhão da Criatividade Darcy Ribeiro – prédio localizado na Praça da Sombra do Memorial da América Latina, criado pelo arquiteto Oscar Niemeyer. O livro é também uma homenagem aos 30 anos do Memorial da América Latina, celebrados em 2019.

De forma lúdica, “A arte do povo latino” percorre, principalmente, as cerâmicas e as peças têxteis que compõem o acervo do Pavilhão, além de outros elementos que caracterizam a cultura latino-americana, como a música e a culinária.

O livro conta a história de Eva, uma personagem adolescente que viaja pela América Latina em companhia do seu gato Bolívar. Inspirada no roteiro realizado pela fotógrafa Maureen Bisilliat, ela passa por países como Brasil, Colômbia, Paraguai, Peru, Equador, Guatemala e México. Bisilliat, juntamente com seu marido Jacques Bisilliat e o arquiteto Antônio Marcos Silva, a convite do antropólogo Darcy RIbeiro, em 1988, recolhendo peças para a coleção permanente do Pavilhão da Criatividade.

“A arte do povo latino” é um projeto da produtora executiva, Estela Olímpio, tem roteiro e texto de Natalia Moriyama e é ilustrado a guache por Claudio Rubino, arte-educador e especialista em acessibilidade. A pesquisa foi realizada pelo museólogo pernambucano John Keven Nunes e Silva, com o acompanhamento de Adriana Beretta, gerente de programação do Memorial. A fotógrafa Maureen Bisilliat também contribuiu com a pesquisa. O projeto gráfico é de Claudio Nakai, a tradução de Victor Gonzales Linares e a revisão de texto de Lana Lim.

O livro é escrito em português, possui versão em espanhol, além das versões digital acessível e audiodescrição, que possibilitam às pessoas com deficiência visual e cegas acompanharem a história.

A publicação não estará à venda e será distribuída gratuitamente no evento de lançamento e no próprio Memorial da América Latina, enquanto houver estoque.

Metade da tiragem produzida conta com um encarte de apresentação do projeto em dupla leitura tinta e braille, um pen-drive contendo um arquivo digital acessível, um arquivo com diversas faixas de audiodescrição – com narração de Adriana Poma, uma das coordenadoras do coletivo Sí, Yo Puedo –  e um videolibras de apresentação do projeto. Para aqueles que não conseguir um desses exemplares, poderá escrever um e-mail aos autores solicitando o envio gratuito desses arquivos.

Oficinas

No dia do lançamento acontecem duas edições da oficina “Percursos Mediadores – A arte do povo latino”, às 14h e às 16h, voltadas para professores e educadores. A proposta é estimular o desenvolvimento de caminhos para olhares curatoriais em crianças e adolescentes, reproduzindo a experiência da produção de uma publicação que apoie a difusão de acervos museológicos, para que sejam multiplicadores junto aos seus alunos.

Memorial, 30 anos

Em 2019, o Memorial da América Latina completa 30 anos. Inaugurado em 18 de março de 1989, hoje é referência na realização de eventos que reúnem os grandes nomes do cenário artístico, político, cultural e acadêmico do país. O traço de Oscar Niemeyer, autor do projeto arquitetônico, garante identidade e harmonia ao conjunto formado por sete edifícios distribuídos em duas grandes praças, que se interligam por uma passarela. Um desses edifícios, o Pavilhão da Criatividade Darcy Ribeiro, preserva cerca de 4 mil peças de arte popular do Brasil e outros países da América Latina.

Serviço:

Evento de lançamento do livro “A arte do povo latino”
Sábado, dia 31 de agosto de 2019, 10h
Biblioteca Latino-Americana
Entrada gratuita
Classificação livre

Oficina “Percursos mediadores – A arte do povo latino”
Sábado, dia 31 de agosto de 2019, 14h e 16h
Biblioteca Latino-Americana
20 vagas por turma.
Inscrições em: https://forms.gle/ocZKyZshNNjHfdRGA
Entrada gratuita

Compartilhar.

Comentários encerrados.