Livro digital traz luzes sobre a história do cinema latino-americano

0

O Memorial da América Latina lança, no dia 28 de novembro/quarta-feira, o livro digital Memórias impossíveis, obra coletiva organizada pelas pesquisadoras Yanet Aguilera (Unifesp), Marina da Costa Campos (USP) e Rosângela Fachel (URI).

Na ocasião será exibido o filme La Nación Clandestina (1989), do cineasta boliviano Jorge Sanjinés, que retrata o processo de colonização incessante e a resistência cultural então silenciosa da civilização andina, temas presentes em vários artigos do livro. Após a projeção, haverá uma mesa de discussão com a participação das organizadoras do livro e alguns autores.

Antes mesmo do lançamento, Memórias impossíveis já pode ser baixado nas versões e-pub e pdf do catálogo on line da biblioteca do Memorial (http://biblioteca.sophia.com.br/6350/). Trata-se de um catatau eletrônico de 1419 páginas, editado pela Divisão de Publicações do Centro Brasileiro de Estudos da América Latina (CBEAL), deste Memorial, em parceria com a Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e Missões (URI), campus de Frederico Westphalen (RS).

O e-book originou-se no 2º Encontro de Cinema e Arte da América Latina (COCAAL II), promovido pelo Memorial da América Latina em 2014. A partir da análise de filmes latino-americanos, os participantes apresentaram estudos interdisciplinares que relacionam imagem, memória e resistência, sob o prisma da Arte, da Estética, da Antropologia, da História e da Sociologia, principalmente.
Os trabalhos dos palestrantes foram transformados em textos – que aprofundam as abordagens – para a publicação do e-book. Alguns exemplos:

“O travelling como figura de estilo na comparação entre filmes mexicanos e brasileiros voltados para a representação da violência da história: 1946 – 2001”, de Ismail Xavier.
“Comédias industriais brasileiras e argentinas do período 1930 – 1950: uma comparação”, de Flávia Cesarino Costa.
“Um momento crítico de tomada de consciência latino-americana”: o cinema moderno da América Latina e as Letras”, de Maria Alzuguir Gutierrez.
“O cinema moderno pós-68 no Brasil, no México e na Argentina”, de Estevão de Pinho Garcia”..

Serviço
Memórias impossíveis
Lançamento do e-book,+ Filme La Nación Clandestina, de Jorge Sanjinés + Debate com pesquisadoras do tema
Dia 28 de novembro, quarta-feira, 19h
Biblioteca Latino-Americana (portões 2 e 5)
Memorial da América Latina/Metrô Barra Funda
Entrada gratuita

Compartilhar.

Comentários encerrados.