Novo banco de dados da Biblioteca Latino-Americana já está funcionando

0

Já está em funcionamento a nova base de dados da Biblioteca Latino-Americana, da Fundação Memorial da América Latina. Agora ela está usando o software SophiA Biblioteca, desenvolvido pela empresa brasileira Prima. Essa é a mesma plataforma utilizada por instituições como a Biblioteca Nacional e a Unicamp, com interface amigável e de fácil acesso. Confira a matéria anterior sobre o assunto.

O programa de tecnologia nacional SophiA baseia-se nos padrões internacionais de catalogação e comunicação de dados e contabiliza mais de 600 instituições usuárias, entre universidades, escolas, empresas, órgãos culturais e públicos, no Brasil e exterior.

Uma das diretorias do Memorial é o Centro Brasileiro de Estudos da América Latina (CBEAL), concebido como uma espécie de agência de fomento à pesquisa, reflexão e divulgação do conhecimento sobre a América Latina. Um dos principais instrumentos do CBEAL  para atingir seu objetivo é justamente a Biblioteca Latino-Americana, que conta atualmente com mais de 40 mil títulos. Fazem parte de seu acervo obras raras, como as coleções Brasiliana, Ayacucho, Mapfre e Documentos Brasileiros.

No projeto cultural do Memorial, elaborado por Darcy Ribeiro, a Biblioteca Latino-Americana deveria “reunir para livre consulta pública obras fundamentais da literatura, da História, Ciências e Artes dos países latino-americanos”. Com a nova plataforma de consultas da biblioteca do Memorial, o acesso a esse rico acervo fica mais fácil. 

Compartilhar.

Comentários encerrados.