Perla e Oswaldinho do Acordeon se apresentaram juntos no Memorial

0

Por meio do projeto Conexão Latina, o Memorial da América Latina promoveu mais uma vez o diálogo entre as culturas musicais de Paraguai e Brasil, através da realização de um show conjunto da cantora paraguaia Perla e o acordeonista brasileiro Oswaldinho do Acordeon, na sexta, 31 de agosto, no Auditório Simón Bolívar.

Intérprete de canções como “Pequenina”, “Fernando”, “Galopeira”, “Estrada do Sol” e “Índia”, Perla já gravou mais de 50 CD’s e vendeu mais de dez milhões de discos em sua carreira de cantora, centrada principalmente no Brasil. A trajetória da paraguaia teve seu auge na década de 1970. Atualmente, ela apresenta suas composições e regravações de outros artistas, como os sucessos do grupo sueco Abba.

Já Oswaldinho do Acordeon é personagem ilustre do forró em São Paulo, além de acordeonista reconhecido nacional e internacionalmente devido às participações em discos de centenas de artistas de vários países. Seu primeiro sucesso foi uma versão da 5ª Sinfonia de Beethoven arranjada em sintonia com diversos ritmos nordestinos, além de “Asa Branca in Blues”.

Juntos, os dois embalaram o Auditório Simon Bolívar com muito suingue, através de ritmos como o forró, chorinhos, e outros, fundidos com maestria pelo versátil Oswaldinho e banda.
 
Compartilhar.

Comentários encerrados.